Recorte de imprensa: Pais vão defender no parlamento que aulas não dependam do calendário religioso

A CNIPE defende que os meses de aulas que vão entre janeiro e meados de junho devem ser divididos ao meio e aí deve ser feita uma pausa.

Artigo completo in Público de 30/06/2014

Este site usa cookies para garantir uma melhor experiência de navegação, sendo que os cookies para as operações essenciais do site encontram-se já definidos no seu browser.

Para descobrir mais sobre os cookies consulte a nossa política de privacidade.

  Eu aceito os cookies deste site.