Aulas

A visão da escola defendida pela actual equipa do Ministério da Educação (ME) não promove o improvável entusiasmo dos estudantes. Ao privilegiar os testes e os exames, o ME contribui para matar a natural curiosidade dos jovens em aprender, ao mesmo tempo que liquida o gosto para inspirar o futuro dos alunos, ainda existente em muitos professores. A educação será cada vez menos estimulante se apenas se centrar em adquirir “estratégias” para ter sucesso nos exames. 

Este site usa cookies para garantir uma melhor experiência de navegação, sendo que os cookies para as operações essenciais do site encontram-se já definidos no seu browser.

Para descobrir mais sobre os cookies consulte a nossa política de privacidade.

  Eu aceito os cookies deste site.