A CNIPE esteve presente na apresentação do documento elaborado pelo grupo de trabalho “Perfil dos Alunos – Século XXI”

A apresentação ficou a cargo do coordenador, Prof. Guilherme d’Oliveira Martins, que o fez de uma forma primorosa.
Foi encantador, até inebriante escutar os Princípios, a Visão, os Valores, as Competências-chave e as Implicações práticas apresentadas por este documento.
Existe de facto em Portugal, pessoas com enorme capacidade refletiva e de visão, para o futuro da escola em Portugal ou em qualquer outro lugar.
O trabalho vai estar em discussão pública por 30 dias, recolhendo contributos de quem o desejar fazer. Os contributos devem ser deixados através de formulário on-line, aqui.

Neste documento não vamos encontrar a nossa escola atual, mas vamos reconhecer muitas daquelas, práticas, valores que já são trabalhadas no dia-a-dia, pela escola mas também porque é essencial pelos pais e encarregados de educação com os seus filhos.
Aliás este excelente documento, peca talvez pela pouca visibilidade que dá ao contributo essencial dos pais no sucesso deste ou qualquer outro projeto educativo que se pretenda concretizar.

Concluímos com uma pequena, mas belíssima história de Jean Monnet, que nos contou Guilherme d’Oliveira Martins na sua apresentação:

Já em idade avançada, repousando na sua propriedade na região de Cognac, em França, diz para um dos seus colaboradores:
- Devíamos plantar naquele lugar um carvalho
Ao que respondeu o seu colaborador em tom condescendente:
- Mas senhor um carvalho demora muitos anos a crescer!?
Após um pequeno silêncio, responde Monnet
- Tem razão … então devemos planta-lo antes do meio-dia

É este o desafio para todos nós!
Desafiamos desde já, todos a ler, divulgar e discutir este documento, versão pdf.

Siga o debate que o Sexta às 11, do passado dia 13 de janeiro, levou a efeito sobre a Reutilização dos manuais escolares.

Assista ao vídeo

 

Após terem chegado alguns relatos à CNIPE, sobre o projeto de literacia financeira, indiciando os mesmos uma burla aos Pais/Encarregados de Educação e após tomada de posição por esta Confederação junto da IGE "A inspeção-geral de Educação e Ciência vai investigar a atuação de uma organização sem fins lucrativos que, disse a confederação independente dos pais, se serviu de um projeto de literacia financeira nas escolas para vender formações nessa área."

Pode ler a notícia na integra no Notícias ao Minuto, edição on-line de 8 de fevereiro, aqui.

 

O Presidente da CNIPE, Rui Martins, em entrevista à Rádio Miúdos, no passado dia 1 de fevereiro.

 

 

 

A CNIPE foi convidada a estar presente na Assembleia da República, em audiência na 8ª Comissão - Educação e Cultura.

Esta audiência pretendeu apresentar contributos para uma reflexão sobre a redução do número de alunos por turma. Esta redução é uma necessidade premente para os nossos filhos e educandos, será uma das formas que contribuirá para o sucesso escolar. Todos os presentes, desde os deputados proponentes da alteração legislativa, quer os restantes, bem como todas as entidades convidadas, ANDAEP, ANDE, Conselho de Escolas e a outra Confederação de Pais, todos estão de acordo com esta redução efetiva do número de alunos. As diferenças apenas residem na fase e forma de implementar.

A CNIPE teve ainda tempo para falar sobre outros temas, indispensáveis e preocupantes, nas escolas: Obras a concluir ou iniciar; Falta de assistentes operacionais; Mais rigor e exigência na fiscalização das práticas das escolas privadas; A gestão dos refeitórios, alimentação escolar equilibrada, qualificada e diversificada; Maior empenhamento e soluções pedagógicas para as crianças com necessidades especiais e condições de trabalho dos profissionais da área da educação especial; Modo de funcionamento dos Conselhos Pedagógico e Geral.

 

 

Este site usa cookies para garantir uma melhor experiência de navegação, sendo que os cookies para as operações essenciais do site encontram-se já definidos no seu browser.

Para descobrir mais sobre os cookies consulte a nossa política de privacidade.

  Eu aceito os cookies deste site.